domingo, 28 de setembro de 2014

Você conhece uma anta?

Anta anda debaixo d'água tranquilamente em Bonito - MS



O vídeo acima mostra uma anta mergulhando tranquilamente nas águas cristalinas de Bonito, Mato Grosso do Sul.


Conheça um pouco mais sobre esse fantástico animal:

"A anta é um mamífero, herbívoro, brasileiro também conhecido como tapir.
Alimenta-se principalmente de frutos, sementes e folhas. Gosta muito de palmeiras, mas também gosta de cana-de-açúcar e cacau.

Ordem: Perissodactyla
Família: Tapiridae
Espécie: Tapirus terrestris

Prefere procurar comida a noite, sempre pelo mesmo caminho.

A anta é preferencialmente noturna, vivendo solitária, exceto no período reprodutivo.

Embora exista também em lugares secos, prefere a proximidade da água.

A anta gosta de tomar banho em horas certas e em lugares certos, e adora banho de lama (como os porcos e os búfalos).

Quando é atacada foge para dentro d'água. Sabe nadar e mergulhar e até andar no fundo, como os hipopótamos.

Quando uma onça ataca uma anta, pula em cima dela. A anta, para se defender corre com a cabeça para baixo, gritando (mais parece um apito) e pula na água, onde ela pode mergulhar e consegue fugir." Fonte: Biocuriosidades




Segundo a Wikipédia, a anta é um "um gênero de Perissodactyla da família Tapiridae que habita a América Central, a América do Sul e o sul da Ásia, sendo conhecidos popularmente por anta ou tapir. São os maiores mamíferos dos Neotrópicos e também os únicos da ordem Perissodactyla, os ungulados de dedos ímpares."

A anta é mesmo um nimal estupido?

"De jeito nenhum. "Provavelmente, a relação que se faz entre o nome do animal e uma pessoa pouco inteligente se deva às peculiares características físicas da anta", diz o zoólogo Mario Rollo, do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (USP). De fato, a anta - também conhecida em algumas regiões como tapir - é um bicho muuuito estranho. Ela tem o corpo de um porco, cascos de boi, orelhas de cavalo e um focinho que lembra uma pequena tromba de elefante. A esquisitice não pára por aí. Suas patas traseiras têm três dedos e as dianteiras, quatro. Mas, apesar dessa aparência um tanto frankensteiniana, ela não é um bicho nada bobo. Há relatos de antas domesticadas que conseguiam até mesmo abrir maçanetas de portas. Na mata, ela é um bicho bastante tímido, que costuma demarcar o seu território com urina. Em linguagem indígena, anta quer dizer grande animal que abre caminho na mata.

Isso porque, quando perseguida, ela corre desenfreadamente, derrubando as pequenas árvores e arbustos que aparecem pela frente. Considerada o maior mamífero da América do Sul, a anta (Tapirus terrestris) pode pesar 200 quilos e atingir 2 metros de comprimento e 1 metro de altura. Existem quatro espécies conhecidas: três na América do Sul (anta terrestre, anta-de-Baird e anta-da-montanha) e uma na Ásia (anta asiática)." fonte: Mundo Extranho

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Conheça o Patrick, meu novo Animal Favorito!

Patrick é o vombat mais velho do mundo, com 29 anos



Não, não se trata de um hamster gigante, tão pouco uma capivara, esse bixinho fofinho é um Vombat, um marsupial originario da autrália.
Os vombats são parentes dos cangurus e gambás, mas diferente dos outros marsupiais os vombats possuem a bolsa voltada para trás, para evitar a entrada de terra durante a escavação de túneis.
O Patrik é o vombat mais velho em cativeiro em todo o mundo, possui 29 anos e passou a viver em um zoologico na autrália depois que ficou órfão. Sua mãe morreu atropelada por um carro quando ele ainda era um filhote. Algumas tentativas de reintroduzi-lo a natureza foram feitas, mas sem sucesso. Mesmo estando em cativeiro Patrick parece gostar bastante de sua casa e dos visitantes, em seu aniversário de 29 anos teve bolo e tudo. Sua comida predileta são cenouras, alface e grama.
Sorte das crianças autralianas que podem ir ao zoologico visitar o Patrick.

Para quem está pensando em ter um em casa:













Postagens populares