5



Pessoal, antes de mais nada peço desculpas pelo longo tempo sem postar. Minha vida está um pouco corrida, mas sempre que tiver um tempinho venho aqui para mostrar algum vídeo interessante.
Esse acima é um exemplo de soma vetorial. Entretanto esse tipo de operação exige muito mais que conhecimentos de física, exige habilidade e destreza.
Existe uma corrente de vento perpendicular a pista de pouso, logo para conseguir manter a trajetória em linha reta o piloto precisa compensar a velocidade do vento com uma componente de sua velocidade perpendicular à pista, por isso o avião fica na diagonal, veja as imagens abaixo:







O nome para este tipo de manobra é Crosswind landing, algo como aterrissagem com vento cruzado, para saber mais veja: http://en.wikipedia.org/wiki/Crosswind_landing

Postar um comentário

Felipe Siqueira disse... 16 de março de 2010 20:07

,muito legal!principalemte os dois últimos!

jonatas disse... 17 de março de 2010 11:10

Nossa, os passageiros sairam todos kagados...

Unknown disse... 11 de setembro de 2010 19:41

Vocês repararam que eram Boing, a maioria 777? Estes aviões possuem sistemas para ajustar esta diferença no vento. Certamente não era a habilidade o piloto mas uma correção gerada pelos sistemas de controle de vôo. Até as rodas se ajustam à inclinação do avião. Ninguém, nem um pilot jedi, pousa um avião destes sem ajuda dos sistemas de controle.

 
Top