2

Pegue uma moeda, coloque no meio de cabide e gire rapidamente! O vídeo acima mostra o que acontece.
Parece mágica mas não é, para manter um corpo em movimento circular é preciso que uma força, chamada força centrípeta, seja aplicada sobre ele. Caso essa força pare de atuar, o corpo sai pela tangente.
Por inércia a meda tenta sair pela tangente e é pressionada contra o cabide, que impede que a meda saia em trajetória retlínea. A força que o cabide exerce sobre a moeda é a força centrípeta, que aponta para o centro.
Isso é o que acontece quando se estabelece um referencial externo e inercial. Contudo se adotarmos o referencial da moeda, vai existir uma força apontando para fora que pressiona ela contra o cabide, chamada de força centrífuga. Essa mesma força nos empurra contra a porta do carro em uma curva fechada.
Para saber mais sobre força centrífuga e centrípeta eu indico o livro física conceitual do Paul Hewit.

Postar um comentário

Jairo Grossi disse... 29 de dezembro de 2010 17:06

Bem legal essa, pessoal. Vou tentar atrair a atenção dos meus alunos no próximo ano, realizando este "truque" na aula, quanto for ensinar força centrípeta.

Ana Paula Costa disse... 19 de fevereiro de 2011 23:51

Apesar de não ser professora de ciências achei seu blog bastante interessante. Vou indicá-lo para meus colegar. Parabéns pelo trabalho.

 
Top